DESTAQUES

Fisioterapia pode auxiliar no tratamento de rinite alérgica

Juliana Prestes Mancuso 13/12/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR
Fisioterapia pode auxiliar no tratamento de rinite alérgica
Fonte: imagem Pixabay
Camas, colchões e travesseiros: ideal para o surgimento de ácaros

por Juliana Mancuso

A rinite é uma doença respiratória crônica da região da mucosa nasal, dividida em dois grupos: alérgica e não alérgica; e não é contagiosa.
 
A rinite alérgica é um processo inflamatório da mucosa nasal e seios da face, que ocorre através de uma reação extrapolada, ocasionada pelo contato com substâncias estranhas ao organismo. Existem varias substâncias que ajudam a desencadear a rinite alérgica.

Na rinite alérgica os alérgenos (substâncias dos alimentos, plantas ou de animais que provocam uma reação exagerada do sistema imunológico e causam a inflamação) mais comuns são o pólen, bolor, mofo, fungos, pelos e poeira doméstica, que apresentam como principal componente alérgico o excremento de alguns ácaros, que são organismos microscópicos, transparentes e com aparência gelatinosa, parentes próximos das aranhas e carrapatos.

Eles pertencem à família dos aracnídeos e possuem quatro pares de patas como as aranhas. Eles proliferam onde houver descamação de pele e necessitam de um ambiente escuro, úmido e quente como os fungos.  O colchão é o lugar ideal para eles. O calor e a umidade de nosso corpo, a descamação natural da pele, lençóis e colchas que mantêm o escurinho e a umidade propiciam as condições que necessitam para se desenvolverem.

Camas, colchões e travesseiros mantêm microclimas cujo grau de calor e umidade são favoráveis ao surgimento de ácaros. O ácaro é o principal atuante de substâncias causadoras de alergias em uma casa. Existem mais de 30 mil espécies de ácaros.

Elementos como tabaco e poluentes também deixam o nariz mais sensível.

O indivíduo que possui rinite alérgica costuma apresentar sintomas, por mais de uma hora, várias vezes ao dia, durante dias consecutivos, como corrimento nasal, espirros, coceira e obstrução nasal.

Os sintomas alérgicos sazonais duram menos do que quatro dias por semana. Os sintomas persistentes duram mais do que quatro dias por semana.

A rinite pode também ser dividida em leve, moderada a severa quando os sintomas atrapalham muito.

A fisioterapia respiratória no tratamento de rinites utiliza técnicas baseadas em drenagem manipulativa associada ao uso de aparelho terapêutico em regiões dos *seios paranasais e as cavidades existentes ao redor do nariz, auxiliando na melhora das funções das vias aéreas superiores (VAS), como seios paranasais, de forma preventiva e curativa.

*Seios paranasais: espaços preenchidos de ar localizados no interior dos ossos do crânio e face, que se comunicam com a cavidade nasal.




TAGS :

    fisioterapia respiratória, rinite alérgica, ácaros, colchões

Juliana Prestes Mancuso

É formada pela Universidade Anhembi Morumbi, especializada em Fisioterapia Ortopédica e Traumatológica pelo Instituto Cohen de Ortopedia e Medicina Esportiva, Fisiologia do Exercício pela Universidade Veiga de Almeida, Fisioterapia do Sistema Musculoesquelética pela Universidade São Marcos e em acupuntura e medicina chinesa pelo Centro Científico Cultural Brasileiro de Fisioterapia. É responsável pelo site e grupo de discussão Fisioterapeutas Plugadas.



ENQUETE

Suas relações amorosas duram?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.