DESTAQUES

Intuição: entenda a mente superconsciente

Emilce Shrividya Starling 24/11/2016 AUTOCONHECIMENTO
Intuição: entenda a mente superconsciente
Fonte: imagem Pixabay
Mente superconsciente e mente cósmica são uma só

por Emilce Shrividya

Vamos continuar a explorar as regiões da mente.

Nos textos anteriores, descrevemos a mente consciente e a mente subconsciente.

Agora, vamos falar sobre as outras três camadas da mente.

Terceira camada da mente

A terceira camada da mente é a primeira camada da mente superconsciente, a camada da intuição.

Muitos sábios a chamam de Mente Cósmica, o receptáculo de todo o conhecimento, onde passado, presente e futuro se fundem na ‘superesfera’ de uma realidade que está além do espaço e tempo.

Quem consegue transcender os níveis inferiores (consciente e subconsciente) da mente realiza esta Mente Cósmica, porque a mente superconsciente individual e a mente Cósmica superconsciente são uma só. Este é o espaço da intuição, do ‘insight’ criativo que está além da esfera lógica e racional da mente subconsciente. É o reino onde artistas, cientistas iluminados, poetas, santos e místicos se deleitam, se elevam e se inspiram.

Podemos também sentir esse sentimento feliz e transcendente na paz da natureza, quando as amarras do ego se dissolvem e a mente se conecta a um estado mais elevado e transcendental.

O psicólogo Abraham Maslow, fundador da Psicologia moderna Transpessoal, percebeu que a função da psicologia não é estudar as pessoas comuns dominadas pelo ego, mas pesquisar aqueles que atingiram estados mais elevados e transcendentes da mente. Ele considerou essas pessoas, que são menos de 1% da humanidade, de autorreveladoras e as considerou como os primeiros representantes da evolução humana.

Elas são criativas, corajosas, humildes e relativamente livres de desejo e ansiedade. Elas possuem discernimento e desapego, têm a habilidade de se concentrar profundamente e vivem com a espontaneidade e simplicidade de uma criança. Elas se dedicam a tarefas ou missões idealistas, como muitos santos.

Através de insight criativo, muitos compositores criaram suas músicas, como Wagner que revelou que “ouvia” espontaneamente as músicas que compunha. Einstein revelou que descobriu a teoria da relatividade com a intuição e não com o uso da lógica consciente. Miguel Ângelo só criava quando tinha o que chamava de “acessos da alma”, quando o “espírito de Deus” o elevava a um estado de êxtase.

Através das práticas do Yoga, preparamos a mente e o corpo de uma maneira gradual e cuidadosa para recebermos e controlarmos os poderes ilimitados do estado superconsciente.

Quarta camada da mente

A quarta camada da mente é a segunda camada da mente superconsciente, a mente subliminar. É a camada do conhecimento especial. Aqueles raros indivíduos que atingem esse estado sublime sentem o infinito mar de vibrações das ondas do universo fluindo dentro e fora deles. Eles atingem o verdadeiro discernimento e desapego, libertando-se das ilusões. Ao atingir esse estado, desenvolvem-se qualidades como paciência, serenidade, gentileza, alegria, humildade e concentração plena.

Quinta camada da mente

A quinta camada da mente é a última camada da mente superconsciente, a mente causal sutil. É “o reino dourado da mente”. É o estado final do esplendoroso Ser interior. O Eu individual, livre de todas as amarras e apegos, atinge o estado do Ser interior, acima da dualidade. É a bem-aventurança infinita e a paz eterna.

É o caminho dos santos e dos Gurus iluminados. Eles aspiram por Deus, pelo infinito e se voltam para dentro nessa busca e nesse encontro pelo Esplendor Infinito. Eles bebem da fonte de bem-aventurança e vibram no fluxo de Deus. Eles veem a Consciência Suprema em tudo. Em qualquer papel que eles desempenham no palco da vida, trabalhando, divertindo-se e circulando neste mundo, eles sabem internamente que são o Ser Imortal, que são o Ser Interior que habita em todos os seres.

Em nosso estado comum de ignorância, vivenciando apenas os planos inferiores da existência, nós nos identificamos com nosso corpo e com nossas mentes inferiores. Temos preconceitos, realçamos as diferenças, nos sentimos separados uns dos outros, e nos dividimos por causa de religião, sexo e raça. Esse falso sentido de identificação com nossos “eus” inferiores tem criado guerras e conflitos em toda a história humana.

O Yoga compreendeu essa grande verdade: somente nosso corpo físico e nossas mente consciente e subconsciente são diferentes e separadas uma das outras; porém no nível da mente superconsciente e do Ser interior todos são Um.

Quem eleva sua mente acima das camadas inferiores da mente, transcende as barreiras psíquicas e sociais e desenvolve uma visão universal. Compreende que todas as mentes fazem parte da Mente Universal. Sente o Amor Universal, o fluxo de amor contínuo emanando de dentro de si e fluindo para todos igualmente. Percebe o Universo com um profundo sentimento de Unidade e pode realizar a verdadeira harmonia na Terra, com um amor todo abrangente que dissolve as diferenças.

O mundo precisa de muito amor, nossos lares precisam de muito amor, nossos corações e mentes precisam sentir o amor. Em vez de violência e armas, precisamos de amor.

Não podemos mudar a sociedade e, é ainda uma utopia sonhar com um mundo pleno de amor, com bondade, sem violência, sem guerras, sem conflitos. Mas nós podemos começar essa revolução interna dentro de nós. Podemos sentir primeiro por nós mesmos, esses sentimentos de amor, bondade, compaixão e depois transmitir isso para a família; para os amigos, para os animais, para a natureza, ao nosso redor e, para onde formos, podemos levar gentileza, paciência, bondade, compreensão e esse amor interior.

Namaste! Deus em mim saúda e agradece Deus em você! Fique em

 




Emilce Shrividya Starling

É formada em Yoga pela Federação de Yoga do Brasil e Centro de Estudos de Yoga Narayana/S.P, com aperfeiçoamento em Hatha Yoga e Meditação nos Estados Unidos. É professora de Hatha Yoga em Santos (SP), desde 1989. Atualmente ensina Filosofia do Yoga e Meditação.



ENQUETE

Qual candidato à Presidência terá mais condições de melhorar o índice da FIB (Felicidade Interna Bruta) e o do IDH (índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.