DESTAQUES

Dez conselhos para a mulher aposentada atravessar a crise econômica

Redação Vya Estelar 08/08/2016 COMPORTAMENTO
Dez conselhos para a mulher aposentada atravessar a crise econômica
Fonte: Imagem Pixabay
Gerentes de banco nem sempre são os melhores conselheiros

1º) Há algo que vai se escasseando após a aposentadoria: a capacidade de gerar mais renda. Por isso, cuidado especial com seu orçamento. Observe atentamente seus gastos, eles não devem nunca exceder as receitas recebidas. Veja se você não está pagando por coisas que não precisa, como por exemplo um seguro antigo de vida para um filho que já é bem-sucedido.

2º) Cuidado com empréstimos. Os juros, mesmo dos empréstimos consignados, estão mais altos. Para a pessoa aposentada é mais difícil sair de endividamentos crônicos.

3º) Pense em você primeiro antes de atender pedidos de ajuda financeira de amigas, filhos e, principalmente, netos. O dinheiro não aceita o descaso. Cuide do que é seu. Os bancos emprestam dinheiro para a universidade, mas não emprestam dinheiro para as pessoas envelhecerem.

4º) Com o aumento das taxas de desemprego é possível que alguém da sua família (filhos, netos, sobrinhos e agregados) fique desempregado. Preste atenção. Se você vê alguma forte razão para acolher alguém nessa situação em sua casa, converse antes e estipule prazos de saída. Não se comprometa por período indeterminado. Isso pode arruinar seu futuro.

5º) Lembre-se que em épocas de crise, sempre há boas oportunidades. Se você se aposentou com reservas financeira, boas coisas aparecerão, fique de olho. Apesar do dólar estar mais caro do que há poucos meses atrás, a moeda ainda está mais barata do que em muitas outras épocas de sua vida. É possível que com uma demanda menor por viagens, por causa da crise, você encontre bons roteiros a bons preços. Aproveite. É hora de curtir a vida.

6º) Se você estiver com um companheiro, hora de sentar para fazer planos. Como vocês deverão agir durante a crise, cuja durabilidade, segundo especialistas, não será menos de dois anos. Reavaliem seus investimentos, se houver. Livre-se de coisas que não mais lhes dêem prazer ou causem confusões, ou ainda perda de energia. É melhor atravessar um futuro incerto com uma bagagem mais leve.

7º) Se você está sozinha, é possível que vire alvo de familiares e até mesmo de estranhos, desesperados por dinheiro. Fique atenta. Escolha alguém em quem possa confiar e telefone logo que suspeitar estar sendo alvo de abuso financeiro. Não demore a se comunicar, não deixe as coisas acontecerem antes para depois chorar sobre o leite derramado. Idosos sozinhos são particularmente suscetíveis a esse tipo de abuso.

8º) A menos que você seja experiente com investimentos em renda variável, especialmente ações, fique longe do mercado de capitais. Resista ao neto que insiste em dizer quer esse é um bom momento para investir em Bolsa. Estamos vivendo momentos de muita volatilidade. O aposentado não deve arriscar suas economias. Lembre-se que você pode não ter o tempo e a energia que são necessários para acumular de volta um capital perdido.

9º) Fique atenta também aos gerentes de bancos. Alguns são conselheiros financeiros formidáveis, mas outros têm metas a cumprir e podem lhe oferecer produtos que simplesmente não são adequados a você.

10º) Cuidados especiais com a saúde. Em épocas como essa aumentam os problemas como hipertensão, por exemplo. Reveja seu plano de saúde e veja se tem todas as condições para atender você. Reserve dinheiro para cuidados e acompanhamento que costumam ser necessários em idades mais avançadas.

De resto, curta a vida. Você já deu sua contribuição para a sociedade, agora é hora de aproveitar!




Redação Vya Estelar



ENQUETE

Para você a traição significa falta de amor ou que o relacionamento chegou ao fim?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.