DESTAQUES

Efeitos de um minuto de estresse permanecem no corpo por seis horas

Redação Vya Estelar 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

por Nicole Witek

Passamos de um dia para o outro correndo, sem nos dar nem um espaço para nos sentir e fazer essa pergunta: e hoje, como me sinto?

Parece que somos mente sem corpo. Qual é o casal que funciona dessa maneira estranha, como se um membro do casal não conhecesse o outro, como se um não prestasse atenção ao outro. Finalmente, como se os dois não vivessem juntos.

Esse relacionamento não pode dar certo. Como é viver sem apreciar o outro, sem ouvir, sem olhar, sem sentir o nosso parceiro de carne e osso?

Essa falta de atenção para com o nosso parceiro leva a encrencas. De que tipo de encrencas, estou falando?

O tipo de sociedade na qual vivemos exige um ritmo de vida rápido. Passamos de um desafio ao outro e os dias se sucedem sem darmos um tempo para respirar. O estresse se instala.

Quando o estresse se torna crônico, a química do sangue fica modificada de tal forma que nosso sangue veicula todas as substâncias que levam às doenças cardiovasculares.

Aparece a trilogia matadora, onde mais adrenalina, mais açúcar e mais gordura circulam na rede sanguínea. O colesterol fica alto demais, a pressão arterial elevadíssima e o diabetes ameaça.

Existem bom livros como " Curar" de David Servan Schreiber, que explica claramente o fenômeno. Assim se torna fácil entender como se instala o círculo vicioso e perigoso do estresse.

Para resumir: o jeito como encaramos os eventos diários desencadeia reações emocionais, as quais preparam nosso corpo para a "fight or flight response". Tradução: algo dentro de nós prepara nosso corpo para lutar ou fugir. Isso requer uma injeção de substâncias que vão nos dar possibilidades de enfrentar fisicamente os acontecimentos: mais adrenalina para ter uma disposição melhor, mais açúcar para ter a energia de correr ou lutar, mais colesterol que fornecerá ao cérebro energia suficiente para enfrentar o estresse.

É bom lembrar que a produção do cortisol regula a pressão arterial, a função cardiovascular, o rendimento do sistema imunológico e o metabolismo dos glicídios ou açúcar. O cortisol e um hormônio produzido pelas cápsulas supra-renais e secretado em resposta ao estresse. Esse hormônio desencadeia uma corrente de reações que vão permitir que em caso de fuga o organismo esteja pronto e tenha um nivel de energia suficiente para enfrentar a situação. O mal e quando dura demais: o sangue fica pronto para o corpo enfrentar situações fisicamente perigosas. O estresse que nos vivemos não exige de nós luta fisica. Ele é principalmente psicológico. Eessa produção hormonal não serve para nada, já que não precisamos fugir ou lutar.

Todo raciocino lógico, toda tentativa de convencer nosso ser emocional não bastam para nos prevenir contra "essa injeção". E por mais fugaz que seja o minutinho de estresse, o corpo já lançou essas substâncias (como o cortisol) na corrente sanguínea. Essas substâncias ficam no corpo durante seis horas.

Se nós tivermos um momento de estresse "um instantinho, um minutinho", como por exemplo uma briga, isso irá alterar o nosso corpo durante seis horas. Ou seja, o corpo levará seis horas para voltar quimicamente ao normal. Mas se formos somando os instantinhos de estresse durante o dia - e os dias - ao final, teremos um corpo cronicamente envenenado, pois não há a possibilidade de o corpo se limpar e se equilibrar.

Nós produzimos nossas próprias drogas que geram sensações de ansiedade. Essa ansiedade se torna crônica porque nosso sangue fica regularmente abastecido com essas substâncias que colocam nosso corpo em alerta, dia e noite, alterando totalmente a qualidade de vida.

A ansiedade se torna crônica também. Para sair dessa situação? Difícil!

Usar o corpo de forma adequada para "queimar" essas substâncias: praticar esporte regularmente, "gastar" essas substâncias são as primeiras soluções proposta pelo médico. Mas a dosagem está tão elevada que às vezes não é suficiente.

A longo prazo, o médico receitará um conjunto de remédios que permitirá a volta ao normal dessa dosagem.

Tudo bem a curto prazo. A longo prazo... não tenho tanta certeza. Estamos alterando nosso sistema de equilíbrio, estamos alterando a maravilhosa precisão de nossa química interna.

Qual seria então a solução? Mudar radicalmente de vida.

Mas nem todo mundo tem possibilidade de morar à beira-mar, dispensar o chefe, apagar os problemas. Mais atividade física será o primeiro passo.

Com certeza, vamos ter que reavaliar como nós encaramos o estresse.

Às vezes a ajuda de um profissional é bem-vinda para alterar o nosso ponto de vista. Mas temos um recurso, que aliado aos outros, pode reverter a fórmula sangüínea em um minuto. É como se fosse uma medicina complementar e sem contra-indicação nenhuma.

Da mesma forma que certos eventos são interpretados como perigosos para nossa mente e desencadeiam emoções que levam o corpo a injetar substâncias de estresse, podemos apresentar a nossa mente imagens que injetam substâncias de bem-estar na corrente sanguínea.

Injeção de bem-estar

Isso é um dos segredos do yoga: "injetar bem-estar" .

Simples exercício para produzir injeção de bem-estar

Vamos sentar: de uma maneira confortável na poltrona, com a certeza de não ser perturbado durante 5 a 10 minutos e prestar atenção ao nosso peito e sentir nossa respiração ampla e gostosa o tempo todo durante nosso " exercício".

Durante alguns minutos, vamos perceber as batidas do coração e imaginar a curva do disco alaranjado do sol saindo na linha do horizonte. O mar está calmo e essa luz alaranjada banhando nosso rosto. Tudo está tranquilo, um novo dia pode começar. A luz do sol nos atinge, deixando os traços do rosto sereno.

Durante alguns minutos vamos contemplar essa imagem, deixar a emoção de um novo dia preencher nosso peito e finalmente nossa mente inteira. Temos que acreditar nessa imagem e sentir realmente que o dia está começando para nós. A vida está nos presenteando com um dia a mais, um novo dia para uma realização de bem-estar e plenitude. Os acontecimentos desse dia serão como novos desafios e novas possibilidades de ampliar nossa experiência, de ter sucesso e de vencer. Cada dia com mais flexibilidade, mais recursos. Antes de terminar o exercício, visualizando esse sol na forma de um disco alaranjado, faremos uma inspiração mais profunda, movimentos gostosos de estiramento e abriremos os olhos. Poderemos, então, começar nosso dia.

Duração do exercício: 5 a 10 minutos

Acabei de apresentar um jeito bem simples de " tomar" um comprimido preventivo. Essa simples prática é um antídoto de primeira classe. Não apresenta contra-indicação, não tem perigo de danificar os órgãos como os remédios comuns, que a longo prazo irritam o estômago ou danificam os rins. Nada disso. O primeiro benefício é prevenir contra a ansiedade química produzida pelo estresse.

É só tentar, basta entrar em comunicação com seu corpo. O cérebro cognitivo está prestando atenção ao cérebro emocional. A mente está encorajando o corpo. A comunicação se torna feliz entre os dois parceiros. Simples e gratuito.




Redação Vya Estelar

Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.



ENQUETE

Qual candidato à Presidência terá mais condições de melhorar o índice da FIB (Felicidade Interna Bruta) e o do IDH (índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.