DESTAQUES

O que é meditar?

Redação Vya Estelar 01/01/2016 ENTREVISTAS
O que é meditar?
Fonte: Imagem - Brahma Kumaris - Lekhraj Kripalani (fundador)
Lekhraj Kripalani: fundador do Brahma Kumaris

por Angelo Medina

Nesta entrevista ao Vya Estelar o líder espiritual indiano BK Nirwair, Secretário-Geral da Universidade Espiritual Mundial Brahma Kumaris explica o que é na prática meditar. Ele ensina como criar na mente um estado sereno e livre do medo; como reverter a sensação de fragilidade e impotência diante das situações violentas do cotidiano e fornece seis dicas para ter uma vida equilibrada.

Vya Estelar - Como a meditação pode proteger alguém?

BK Nirwair - É ingênuo achar que somente com a meditação alguém poderia proteger sua vida. Assim como a saúde física depende de diversos fatores: exercício, dieta, ar e água boa; a proteção pessoal depende de vários aspectos. A meditação é um deles. Ou seja, precisamos manter todos os cuidados e medidas de segurança da mesma maneira. Não é que agora que medito posso deixar as portas destrancadas.

A influência da meditação é mais importante. As atitudes positivas que ela proporciona são sutis. Por exemplo, quando utilizo o que tenho, inclusive o corpo, para uma finalidade mais altruísta, ele sai fora do alcance daqueles que estão querendo me causar prejuízo. Quando utilizo o que tenho de forma impensada e inconseqüente, fico sujeito a ser roubado, prejudicado ou danificado de alguma maneira. Este processo não é magia, mas é só o efeito cármico de utilização correta daquilo que a vida confiou a mim.

Vya Estelar - O médico indiano Deepak Chopra afirma que quem pratica a meditação elimina dois terços do seu carma. O senhor concorda com esta afirmação?

BK Nirwair - Depende de que tipo de meditação. No fogo de amor concentrado em Deus, no estado de consciência total da nossa identidade como almas e não corpos, eu acredito ser possível reduzir a carga cármica que está no ser. Mas isto requer uma preparação e um nível de pureza pessoal muito grande. Se a pessoa está simplesmente cantando mantras ou fixando sua atenção em algum objeto ou imagem de veneração durante algum tempo, não vejo a possibilidade de reduzir o carma. Seria leviano afirmar isto. Não é tão fácil assim. Com tais práticas, a pessoa pode aliviar-se mas não transformar coisas profundas. A transformação profunda exige um esforço profundo.

Aprenda a meditar

Vya Estelar - Seria possível apresentar uma técnica de meditação para os nossos leitores?

BK Nirwair - Basicamente a meditação consiste em criar e sustentar um fluxo positivo e significativo de pensamentos até que eles se transformem de considerações intelectuais em experiências vividas. Estes pensamentos são criados a partir de quatro ideias:

- Minha identidade básica é de um ser espiritual ou alma que ocupa o corpo físico para desempenhar um papel aqui no palco terrestre.
- Minhas qualidades básicas ou inatas são: paz, felicidade, amor, força espiritual, verdade e pureza.
- Eu tenho uma conexão profunda de meu relacionamento com Deus gravada em mim que preciso resgatar.
- Deus é como um Sol Espiritual que eu posso visualizar na tela da minha mente e absorver Suas qualidades.

A posição do corpo tem que ser relaxado, não muito rígido e nem muito solto. A postura seria de um rei sentado num trono. Pode sentar-se numa cadeira ou no chão. As mãos podem descansar nos joelhos ou no colo, com uma respiração natural. No raja yoga não usamos mantras ou rosários. Incenso só se quiser mas não é necessário. O indivíduo centraliza sua atenção num ponto entre as sobrancelhas, que é um painel de controle do processo consciente. Depois de criar este estado de observador do entorno ele visualiza na tela da mente o encontro entre a alma ou ser consciente com a Fonte, Deus. Desde o início aprendemos a meditar de olhos abertos, pois isto tem um valor enorme na vida prática.

É de extremo benefício começar diariamente e com uma sessão de 20 a 30 minutos antes de meter-se nas atividades. Os primeiros pensamentos do dia funcionam como uma fundação. Se eles são fortes, o dia é bem-sucedido. É importante também parar durante o dia, de vez em quando, por um minuto, para verificar o estado interno e para manter o fluxo meditativo.

O mais importante é entender que não é o corpo que medita, é a alma. É a postura da alma que conta. Uma palavra mais simples que 'meditar' é 'lembrar'. Na meditação estou lembrando o que sou, de onde venho e meu relacionamento fundamental com Deus.

Vya Estelar - Qual é o papel da mente na criação de um estado sereno e livre do medo? Como fazer isto?

BK Nirwair - A mente foi culpada erroneamente pelo estado dela. Ela é como um campo de futebol. Ele não é o problema, mas o jogo que acontece nele. Podemos utilizar a mente para colocar em 'jogo' pensamentos que tem a ver com nossa identidade verdadeira de seres espirituais ou almas. Por exemplo, o pensamento 'Eu sou um ser de paz e tenho um corpo para desempenhar meu papel no mundo' é poderoso e tem implicações profundas. Trabalhado bem, este pensamento é capaz de remover o medo de morrer que se encontra na base de todos os medos.

Vya Estelar - Como reverter a sensação de fragilidade e impotência diante das situações violentas vividas no cotidiano urbano?

BK Nirwair - A fragilidade e a impotência encontram um lar no coração daquele que se entrega no nível individual às suas circunstâncias e se torna uma vítima de si mesmo. Nos pequenos momentos de verdade que acontecem na vida, ele precisa aprender acreditar mais em si e descobrir o que realmente tem de especial e começar a aplicar isto. Assim, aprende sobre seu potencial ao testemunhar seu funcionamento em situações práticas. Como na selva é o medo que atrai o leão à sua preza, na selva de concreto é o medo que atrai situações desagradáveis. Eu sou o pintor da minha experiência de vida, o pincel está nas minhas mãos. Uma mudança de atitude assim, nos indivíduos, certamente ajudaria a criar uma sociedade mais justa e sólida. Afinal, a sociedade somos nós.

Vya Estelar - O que vem a ser as 'Leis Espirituais Naturais'?

BK Nirwair - As leis espirituais são aquelas que cuidam de tudo, mesmo que as leis humanas não funcionem. Por exemplo, somos seres espirituais que existimos antes deste corpo e existiremos depois dele. Podemos escapar à lei humana mas teremos de receber a recompensa ou de pagar a conta de tudo que fizemos para bem ou mal.

A vida consiste no tempo de que se dispõe, na energia que se tem (saúde, força, ânimo) e na situação em que se encontra (bens, trabalho, família, etc.). Há leis que governam a interação entre todos esses elementos.

Muitos pensam que somos os donos da natureza porque conseguimos produzir dispositivos maravilhosos que medem, organizam, calculam e utilizam as forças naturais. Quando assistimos, ao vivo, um jogo de tênis que está acontecendo do outro lado do mundo, talvez sintamos uma certa presunção em relação às leis materiais.

Esquecemos que nós, como seres espirituais incorporados em formas físicas, estamos sujeitos a leis igualmente precisas, embora sutis. Seria tolice ignorar os sinais constantes que a realidade metafísica nos apresenta. Nós, também, fazemos parte da natureza deste grande universo, onde há interação e interdependência totais entre o visível e o invisível, entre o físico e o metafísico.

Vya Estelar - Quais são os princípios essenciais para se ter um 'Estilo de Vida Espiritual'?

BK Nirwair - Como o processo de meditação é algo muito sutil temos de fazer o esforço de autossensibilização.

Para uma vida equilibrada, recomendamos alguns elementos:

- Seguir uma dieta vegetariana, porque é não violenta
- Buscar boa companhia com pessoas que inspiram empenho espiritual
- Meditar todo dia para criar um estado sustentável
- Desenvolver relacionamentos verdadeiros com as pessoas, não baseados em interesses próprios
- Assimilar virtude na vida prática
- Servir aos outros, espiritualmente

Vya Estelar - O que vem a ser na prática a Universidade Espiritual Mundial Brahma Kumaris, da qual o senhor é Secretário-Geral?

BK Nirwair - A Universidade Espiritual Mundial Brahma Kumaris foi fundada em 1936, em Karachi, por Prajapita Brahma, um empresário e filantropo indiano. Inspirado por uma série de revelações, Brahma Baba dedicou os 33 anos remanescentes de sua vida para tornar realidade a sua visão de povos de todas as formações culturais, econômicas e religiosas unindo-se a fim de redescobrir e desenvolver a dimensão espiritual de suas vidas. Hoje é uma organização com mais de 6000 sedes em 88 países do mundo. Internacionalmente tem status consultivo geral no Conselho Econômico e Social da ONU e na UNICEF.

Vya Estelar - Qual é a principal missão da Brahma Kumaris?

BK Nirwair - A nossa missão é capacitar as pessoas a desenvolverem atitudes e comportamentos fundamentados em valores essenciais e no entendimento, bem como inspirados na visão de um mundo melhor e mais harmonioso.

Vya Estelar - Quais são os projetos atuais ou próximos projetos da Brahma Kumaris no Brasil?

BK Nirwair - Neste momento temos três projetos em andamento em parceria com outras organizações. O projeto VIVE (Vivendo Valores na Educação) visa trabalhar com pais e professores para desenvolver valores na sala de aula. Temos material para faixas etárias de 0-3 anos, 4-7 anos, 8-14 anos e 15-18 anos,

Há também o projeto Imagens e Vozes da Esperança, um diálogo mundial sobre o impacto das mensagens na vida das pessoas, que começou em Nova Iorque, em 1999, e hoje alcança mais de 20 cidades espalhadas pelos EUA, Canadá, Reino Unido, África do Sul, Chile, Polônia e Brasil.

Um terceiro projeto recém começou, chamado Valores e Saúde, que visa desenvolver valores com profissionais da saúde. Um quarto projeto, Valores nas Organizações, está ser lançado e vai trabalhar estas questão com executivos.

Vya Estelar - Como proceder para participar das atividades?

BK Nirwair - No Brasil temos 27 sedes ao redor do país. Você pode se informar no site www.bkumaris.org.br

Vya Estelar - De que forma a Brahma Kumaris se mantém, já que todas as atividades são oferecidas gratuitamente?

BK Nirwair - A Brahma Kumaris se auto-financia com as contribuições voluntárias dos próprios membros que querem que o benefício que eles receberam continue. Mesmo as pessoas que freqüentam os cursos e palestras podem contribuir de forma anônima se assim desejar. Cada centro Brahma Kumaris busca ser auto-suficiente.




Redação Vya Estelar



ENQUETE

Você toparia ter um relacionamento de “amizade com benefícios”? Tratam-se de amigos que se tornam parceiros sexuais sem deixar isso interferir na amizade; o termo vem da expressão 'friends with benefits'.





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.