DESTAQUES

As visitas de minha sogra e cunhada são excessivas e constantes. O que fazer?

Blenda de Oliveira 01/01/2016 COMPORTAMENTO

por Blenda de Oliveira

"A família de meu marido não tem limites, quando minha cunhada vem a minha casa, não quer passear com a gente (meu marido não sai se ela não for) e fica grudada na TV vendo filmes um atrás do outro. O que poderei fazer se as visitas dela e de minha sogra são constantes?"

Resposta: Primeiro de tudo é importante você ter em mente que a organização da sua casa depende de você e do seu marido, por isso antes de qualquer coisa devem conversar a respeito.

Sugiro que fale com ele sobre o seu ponto de vista e como vem se sentindo. Evite acusá-lo ou cobrar dele uma posição, mas ofereça para ele alternativas, mostrando como será muito melhor para vocês e para elas também.

Soluções:

1ª) Estabelecer dias que elas irão na sua casa.

2ª) No dia que elas forem você poderá fazer o seu programa, combinando com seu marido que assim ele poderá usufruir da visita delas com mais sossego.

3ª) Você pode fazer um convite para sua cunhada e sua sogra de vocês saírem juntas ou, por exemplo, cozinharem juntas. Pense em algo que possam fazer em grupo e que elas gostem e não pese para você.

Essas alternativas não significam que esteja se submetendo à vontade delas, mas, pelo contrário, você poderá criar suas estratégias para que atinja o objetivo de manter os limites de sua vida com seu marido.

Brigar, discutir, ameaçar ou se isolar pela tristeza são meios pouco eficientes e só levarão ao desgaste.

Numa vida a dois deve haver mais que amor, deve-se prezar pela inteligência e a busca da melhor convivência possível com as bagagens que cada um traz da própria vida, por exemplo, a família de origem de cada um. Às vezes isso não é possível, mas sempre é importante tentar, já que para algumas pessoas a família de origem tem uma força grande de aprisionamento, mesmo quando as pessoas casam ou decidem viver sua vida de forma independente.

Seu marido deve ter essa relação com a mãe e a irmã e por algum motivo não consegue manter os limites com elas, ou, talvez, nem saiba que os limites devem ser colocados. Se conseguir criar uma forma de lidar com ele que não seja reativa, ou seja, evitar fazer uma força contrária e intensa (por exemplo, brigando, se afastando dele etc), poderá ter resultados melhores.

Você pode ensiná-lo a lidar com essa situação, mas para isso terá que abrir, dia após dia, um diálogo mais e mais aberto. Talvez ele se mostre, inicialmente mais resistente o que é bastante esperado, já que o vínculo que elas mantêm com ele é de dominação e não aceitação da presença de uma outra mulher na vida dele. Isto, provavelmente, aconteceria com qualquer outra mulher que estivesse casada com ele.

Sei que é um desafio grande, mas procure não tomar essa situação como pessoalmente contra você. Sua sogra e sua cunhada talvez queiram invalidar qualquer possibilidade do seu marido criar uma vida independente delas. O motivo? Devem ter questões ligadas aos vínculos e acordos afetivos que eles desenvolveram ao longo da vida.

Espero que consiga lidar com essa situação da melhor forma possível!

 

 

 

 

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga e psicanalista Blenda de Oliveira responderá dúvidas e perguntas sobre conflitos familiares e entre pais e filhos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Blenda de Oliveira

Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.



ENQUETE

Você se sente seguro (a) andando pelas ruas do Brasil?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.