DESTAQUES

Spinning ou RPM? Saiba escolher

Redação Vya Estelar 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

por Simone Sarti

São modalidades de ciclismo indoor. Na sala você pedala em bicicletas estacionárias e, conforme o ritmo da música, o professor vai simulando as pedaladas em diversos tipos de terreno: plano, subidas ou descidas. É um trabalho de vários níveis de intensidade.

Através da escolha das músicas e telões com filmes de eventos ciclísticos famosos, como Tour de France, Race Across América, e IronMan, os professores tentam fazer com que o aluno se motive mais e se ‘transporte’ para esses locais, como se estivessem participando dos eventos, com a vantagem de poder manter seus limites de condição física. É um trabalho que visa a melhora da capacidade cardiovascular, com alto índice de gasto calórico. As aulas duram cerca de 40 a 60 minutos e pode-se gastar em média de 400 a 800 calorias.

Teoricamente alunos iniciantes e avançados podem participar numa mesma aula e cabe ao professor, orientá-los de forma diferenciada e adequada à capacidade de cada um. Para participar das aulas é recomendado que os alunos (principalmente os iniciantes) usem um monitor de freqüência cardíaca, bermuda específica para ciclismo (aquela com forro acolchoado), toalha e uma garrafinha de água.

É fundamental uma avaliação física antes de iniciar o programa, pois mesmo começando cada um no seu ritmo, para alguns pode ser necessário um trabalho básico de fortalecimento das musculaturas mais exigidas, por exemplo, por causa da postura que deve ser mantida na bicicleta, é importantíssimo que a musculatura abdominal e dorsal estejam preparadas para tal, evitando–se assim lombalgias ou tensão exagerada na região dos ombros e cervical.

As articulações dos joelhos, tornozelos e quadril também devem ter um mínimo de preparo.

Lesões podem ocorrer, mas geralmente se o aluno estiver pedalando numa bicicleta mal ajustada para ele, por falta de equipamento específico ou desconhecimento da técnica da modalidade, por falta de orientação adequada de profissionais não capacitados.

A diferença entre Spinning e RPM é que o RPM é um tipo de franquia de ciclismo indoor, oferecido por uma empresa específica e as aulas são, segundo seus professores, testadas, para depois serem montadas, pré-coreografadas, as músicas são também pré-estabelecidas e este kit será utilizado sem modificações durante um trimestre. No término deste, uma nova aula será apresentada ao aluno e será mantida por mais três meses, assim consecutivamente. A diferença entre spinning e RPM está justamente no fato do RPM ser uma franquia com pacote fechado, portanto, o Spinning possibilita uma maior liberdade para alunos e professores.

Tanto os professores de Spinning como RPM devem ser formados em Ed. Física e são obrigados a passar pelos cursos específicos que os capacitam para esse tipo de aula, garantindo assim os benefícios e a segurança dos praticantes.




Redação Vya Estelar



ENQUETE

O Jornal da Cultura veiculou matéria apontando que o brasileiro não está animado com a Copa do Mundo. E você, está empolgado?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.