DESTAQUES

Estudos apontam relação entre atividade física regular e redução do risco de câncer

Redação Vya Estelar 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

Da Redação

Há algumas décadas, exercitar-se era tarefa de atletas. Com a chegada dos anos 80, houve o boom das academias de ginástica, cujo enfoque principal era beleza e, conseqüentemente, a melhoria da auto-estima. No século XXI, praticar uma atividade física regular é opção de quem está atento à sua saúde, pois pesquisas atestam a ligação entre sedentarismo e diversas doenças, inclusive o câncer.

"Estudos apontam relação entre atividade física regular e diminuição do risco de tumores colo-retal, de mama e de endométrio. Embora esse seja um campo que demande investigações aprofundadas e complementares, é inquestionável a associação da prática esportiva ao reforço do sistema imunológico", destaca o oncologista João Nunes.

De acordo com o médico, há dois tipos de câncer para os quais a atividade física atua de maneira preventiva. "O sedentarismo é um dos fatores do risco para o câncer colo-retal, juntamente com faixa etária, história familiar, obesidade, entre outros", explica. Estudo mostrou que homens que praticam exercícios vigorosos diariamente apresentaram uma redução de 50% no risco de câncer de intestino. "Entre as hipóteses que explicam esse fato está é a de que o exercício físico estimula a função intestinal, fazendo com que haja eliminação de toxinas cancerígenas", complementa.

Estudo: atividade física previne câncer da mama

Estudo realizado com 100 mil mulheres francesas, divulgado pelo Instituto Nacional Francês da Saúde e Pesquisa Médica (Inserm), revelou que a prática regular de um esporte também previne o câncer de mama nas mulheres. De acordo com os resultados da pesquisa, quanto mais intenso e regular o exercício, menor é o risco de desenvolvimento da doença. Em mulheres que afirmaram praticar atividade física intensa por cinco horas ou mais por semana, a diminuição do risco de câncer de mama foi da ordem de 38%. Segundo o Inserm, o squash, as artes marciais, a corrida, a natação, o tênis e o ciclismo são, nessa ordem, as atividades nas quais se gasta mais energia.

Artigo publicado pela mundialmente renomada revista Nature, em março deste ano, apontou que cerca de 25% dos cânceres estão ligados ao excesso de peso e ao sedentarismo. De acordo com o periódico, a atividade física reduz os riscos de desenvolvimento da doença devido a diferentes mecanismos. São eles: diminuição dos hormônios sexuais, hormônios metabólicos e inflamações, além da melhoria do sistema imunológico.

Cuidados para iniciar atividade física

- Faça uma avaliação médica antes de iniciar uma atividade física.

- Escolha uma atividade que lhe seja prazerosa.

- Pratique atividade física sob orientação profissional.

- Pratique ao menos 30 minutos de atividade física moderada, 5 vezes por semana.

- Para reduzir o risco de câncer de mama e colo-retal, opte por 45 minutos de atividade física - de moderada a intensa - por 45 minutos, 5 vezes por semana.

- Na impossibilidade de freqüentar academias ou clubes esportivos, vale lançar mão de atividades de rotina, tais como: subida e descida de escadas, passeio com o cachorro, jardinagem, lavagem de carro, caminhada em ritmo ligeiro, dança, pedalada ou natação.

- Para os atletas de fim-de-semana, pessoas que praticam atividades apenas aos sábados e domingos, um alerta: a prática é prejudicial, pois não apresenta um ritmo adequado e coloca em risco a saúde.

- A prática de atividade física ao ar livre requer o uso de filtro salor, com fator mínimo de proteção 15.




Redação Vya Estelar



ENQUETE

A proliferação das redes sociais diminuiu suas relações, contatos e amizades presenciais?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.