DESTAQUES

Meu pai não assume responsabilidades em casa. O que fazer?

Blenda de Oliveira 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Casal é corresponsável pelas situações criadas e decisões tomadas

por Blenda de Oliveira

"Possuo uma família extensa. Atualmente moram na minha casa, minha mãe, meu pai, eu (adulta) e três irmãos menores. Meu pai nunca assumiu as responsabilidades familiares no âmbito financeiro; no campo afetivo não consegue manter diálogo e afeto com os filhos. Ele e minha mãe se separaram várias vezes e ele não demonstra satisfação em estar com a família, mas não sai de casa, nem se separa. O que posso fazer em relação a essa situação?"

Resposta: Se você tem maior aproximação com seu pai, talvez possa iniciar uma conversa com ele. Seria interessante deixar claro as regras e acordos para que ele fique ou não. Entretanto, qualquer conversa que venha a ter com ele, terá que ter a participação e a anuência de sua mãe.

Lembre-se que um casal é corresponsável pelas situações criadas e decisões tomadas. Você pode tomar à frente até certo ponto, mas são os dois - seu pai e sua mãe - que devem ser os principais responsáveis pela condução dessa situação.

Como é adulta, talvez logo esteja buscando o seu lugar, nem que seja para deixar claro que você não será cúmplice dessa situação. Portanto, não irá contribuir para que ele, seu pai, não se mantenha numa situação de ser sustentado como um filho pequeno.

Pense na possibilidade de procurar um profissional que possa orientá-la, caso não tenha sucesso na abordagem proposta.

Boa sorte!

 

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga e psicanalista Blenda de Oliveira responderá dúvidas e perguntas sobre conflitos familiares e entre pais e filhos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Blenda de Oliveira

Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.



ENQUETE

Quem não tem cão caça com o “ex”, que está receptivo. Você concorda?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.