DESTAQUES

Não dar dinheiro ao filho ajuda a evitar ou minimizar o consumo de drogas?

Danilo Baltieri 01/01/2016 COMPORTAMENTO
Saiba por que não fornecer o dinheiro pode não ser o suficiente

por Danilo Baltieri

"Meu filho é dependente de crack. Se não der nenhum dinheiro a ele, evitarei ou minimizarei seu consumo?"

Resposta: Quaisquer condutas isoladas não são totalmente adequadas para o manejo de uma pessoa com problemas relacionados ao consumo de substâncias. Isso significa que as orientações e as condutas a serem tomadas devem estar sempre inseridas em um processo terapêutico.

Além disso, como os indivíduos dependentes de substâncias constituem uma população bastante heterogênea, as condutas deverão ser tomadas de acordo com cada paciente, respeitando todas as características individuais.

Desta forma, simplesmente não dar dinheiro para o filho dependente de crack pode não ser uma conduta adequada, se o indivíduo com problemas não estiver inserido em um processo terapêutico com especialistas. De fato, existem muitos indivíduos dependentes dessa substância que não têm recursos financeiros para angariar a droga mas, mesmo assim, desenvolvem habilidades, mesmo que anti-sociais, para obtê-la.

Não é possível, nem tampouco adequado, ser simplista diante de um problema sério e complexo como a dependência de substâncias psicoativas.

Você deve procurar orientação médica adequada, para que seu filho seja adequadamente avaliado e comece um tratamento correto e que os familiares estejam engajados neste processo terapêutico. Não fornecer dinheiro ao dependente pode ser uma conduta adequada, mas se inserida em um contexto de tratamento mais amplo.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. O psiquiatra Dr. Danilo Baltieri responderá questões ligadas à dependência química e vícios: drogas, álcool, cigarro e psicotrópicos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



Danilo Baltieri

Médico psiquiatra. Mestre e doutor em Medicina pelo Departamento de Psiquiatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Atualmente é coordenador geral do Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas do Instituto de Psiquiatria da FMUSP (GREA-IPQ-HCFMUSP).Tem experiência em Psiquiatria Geral, com ênfase nas áreas de Dependências Químicas.



ENQUETE

A morte trágica da bancária Lilian Jamberci, vítima do "Dr. Bum Bum", trará à luz uma reflexão sobre o vício da vaidade?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.