DESTAQUES

Sou uma pessoa muito tímida para falar em público

Rosemeire Zago 01/01/2016 PSICOLOGIA
Medo de falar em público pode ter várias origens

por Rosemeire Zago

"O que devo fazer para acabar com essa timidez? Isso me causa desespero e até mesmo vontade de abandonar o meu emprego, onde freqüentemente preciso me expor."

Resposta: Se ficar desesperado, nada irá adiantar. Toda pessoa tímida em geral é insegura e depende demais da aprovação e do reconhecimento das outras pessoas. Você é assim?

Ou seja, o medo de estar sendo avaliado quando se expõe, a necessidade excessiva de ser reconhecido naquilo que faz, tudo isso podem ser possíveis origens de sua dificuldade.

Você diz pensar até em abandonar seu atual emprego. Encontrar um trabalho hoje em dia não está nada fácil, pense bem antes de tomar uma decisão tão radical, principalmente se você precisa do dinheiro que recebe pelo seu trabalho ou se não tem nenhum outro em vista. Hoje, em geral, o processo de seleção está levando em média quatro meses. Você terá condições de ficar algum tempo sem trabalhar?

Quando você começou nesse trabalho, você soube que teria essa tarefa para cumprir? Se soube, o que você pensou na época? Há quanto tempo você desenvolve esse trabalho? O que você já fez para identificar a origem ou melhorar nesse aspecto? Você já procurou algum curso de oratória? Em geral, eles ajudam, mas não resolvem a causa, entende?

Você já se perguntou do que tem medo ao se expor? O que de pior pode acontecer?

Procure pensar lá na sua infância, as possíveis causas que podem ter gerado em você uma pessoa insegura. Você foi humilhado, comparado? Se não conseguir lidar com isso sozinho, procure um psicólogo para entender a origem de sua insegurança, que acaba por gerar sua timidez.

Gostaria de saber por que tenho tanto medo de falar em público?
O que acontece comigo, pois quando preciso fazer trabalhos na faculdade eu fico mal, fico com taquicardia, extremamente nervosa, pois quando estou falando em público, sinto que vou morrer

Resposta: Os motivos que a levam a ter medo de falar em público podem ter várias origens, mas geralmente está relacionado com a insegurança, o medo de não ser capaz, medo de errar, não corresponder as expectativas próprias e dos outros.

Os sintomas que você cita são os sintomas de ansiedade. A preocupação pode produzir ansiedade, levando-nos sempre a pensar no pior. Quando os sintomas (veja abaixo) se tornam persistentes, afetando os hábitos e padrão de vida comum é chamado de Transtorno de Ansiedade Generalizada - TAG.

A ansiedade normal apresenta proporção em relação ao estímulo.

Ansiedade antecipatória: ansiedade que se concentra em algum problema ou ameaça futura, seja real ou imaginária. "Será que vou conseguir?" Creio que se seja esse uma dos motivos de você ter tanto medo: o de não conseguir, e talvez nem você mesma saiba o motivo, gerando assim vários sintomas da ansiedade.

A ansiedade é acompanhada da percepção (real ou imaginária) de que estamos em PERIGO, ou sendo AMEAÇADOS ou que estamos VULNERÁVEIS.

Sintomas psíquicos

- nervosismo
- distração
- dificuldade de concentração
- sensação de estar "no limite"
- inquietude
- irritabilidade
- apreensão
- sensação de alerta e tensão
- insatisfação com o presente
- impaciência
- vontade de agir
- cansaço e desânimo (que podem levar a depressão)
- insônia

Sintomas físicos

- agitação e tremores
- sudorese
- boca seca
- palpitações
- sensação de "aperto" no peito
- vertigens e tonturas
- náuseas
- constipação intestinal ou diarréia
- necessidade freqüente de urinar
- dor de cabeça
- sensação de frio na "boca do estômago"
- sensação de "bolo" na garganta, com ou sem dificuldade de engolir

Creio que você deva ter se identificado com muitos dos sintomas descritos acima. Se for o caso, o mais indicado é você fazer uma psicoterapia para identificar a origem de sua ansiedade, e do que você tem tanto medo.

Pode ser que esteja relacionado com sua infância. Será que quando criança você foi muito comparada, humilhada ou criticada? Você se sente assim apenas quando tem que falar em público ou em outras situações? Você se considera uma pessoa ansiosa?

Busque essas respostas, só assim, você poderá obter o controle do que está controlando você e que está causando transtornos em sua vida, não é mesmo? Busque ajuda com um psicólogo, você será a maior beneficiada.

Timidez pode ser superada sem terapia?

Resposta: A timidez está relacionada com a insegurança de seu valor enquanto pessoa, ou seja, é preciso identificar a causa, e dicas práticas serão apenas paliativas, não resolvendo sua dificuldade.

A timidez nada mais é que um sintoma da insegurança, levando a pessoa a não acreditar ser capaz de conseguir o que deseja, por isso ela se fecha, muitas vezes, como um mecanismo de proteção.

Sua timidez depende de uma situação ou é em qualquer situação? Você sempre espera que o pior aconteça? Procure diminuir até não ter mais pensamentos negativos, caso isso aconteça. Identifique se você está constantemente em busca da aprovação e reconhecimento dos outros, e como deve ter medo de errar, podendo ser perfecicionista, você acaba por supervalorizar a opinião dos outros e desvalorizar na mesma proporção a sua opinião sobre is mesmo, já que não deve confiar muito em si mesmo.

O mais indicado é buscar a origem de sua insegurança, analisando seu histórico de vida e identificando os momentos em que seu valor pessoal foi colocado em dúvida, deixando sempre a sensação que estava errado.

Feito isso é importante aos poucos se permitir tomar suas próprias decisões em pequenas situações do dia-a- dia, evitando pedir conselhos ou opiniões para outras pessoas, mas aprendendo a ouvir a si mesmo e reconhecendo acima de tudo seu próprio valor enquanto ser humano.

Para quem quiser, há uma alternativa ao tratamento especializado, onde um grupo com nome de Introvertidos Anônimos segue o mesmo modelo dos Alcoólatras Anônimos (os 12 passos), adaptado à realidade da timidez e introversão.

O IA tem grupos abertos em várias cidades do Brasil, inclusive em São Paulo.




Rosemeire Zago

Psicóloga com abordagem junguiana com especialização em psicossomática. Desenvolve uma abordagem voltada para o autoconhecimento e criança interior.



ENQUETE

É possível ser você mesmo no ambiente de trabalho?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.