DESTAQUES

Esperança profunda provavelmente vem de uma fonte espiritual

Luiz Alberto Py 01/01/2016 AUTOCONHECIMENTO
Suas raízes se encontram em algum espaço transcendental

por Luiz Alberto Py  

O Cristianismo, a partir do apóstolo Paulo, qualificou três virtudes como teologais, ou seja, de origem divina. São a fé, a esperança e a caridade ou amor.

Depois de pensar sobre a fé, vale a pena uma atenção às ideias de Vaclav Havel sobre esperança. Esta é um estado de espírito, uma dimensão de nossa alma que não depende nem de observar o mundo nem de avaliar situações.

A esperança não é um prognóstico, é uma orientação do coração que transcende o mundo vivido diretamente e está ancorada em um lugar longínquo, além da realidade. Suas raízes se encontram em algum espaço transcendental.

A medida da esperança não é a medida da nossa alegria quanto ao bom andamento das coisas nem da nossa vontade de investir em empreendimentos que levem ao sucesso, mas é a dimensão da nossa capacidade de nos empenharmos por algo bom e não por um sucesso garantido. Esperança não é otimismo, mas a certeza de que algo tem sentido, sem considerarmos como terminará. Provavelmente é de uma fonte espiritual que captamos a mais profunda e importante esperança. Aquela que - contra tudo - é capaz de nos manter vivos, de nos estimular a boas ações e que é responsável pela grandeza do espírito humano e de seus esforços. Esta esperança nos dá força para viver e para experimentá-la de novo, mesmo quando as circunstâncias são totalmente desfavoráveis.




Luiz Alberto Py

É médico psiquiatra e psicanalista. Clinica no Rio de Janeiro e faz palestras por todo o Brasil. Publicou em 2002 o best-seller "Olhar acima do horizonte", em 2004: "A felicidade é aqui" e "Saber amar" todos pela editora Rocco. Mais informações: http://doutorpy.blogspot.com



ENQUETE

Atração física não basta, tem que haver atração mental. Você concorda?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.