DESTAQUES

Crianças podem praticar Pilates?

Juliana Prestes Mancuso 01/01/2016 SAÚDE E BEM-ESTAR

por Juliana Prestes Mancuso

As crianças também podem sentir dores nas costas como os adultos, sofrendo por má postura, falta de exercícios físicos e até estresse.

Na tentativa de solucionar os incômodos apresentados pelas crianças, os pais têm procurado o método Pilates.

* "O Pilates é uma das atividades mais indicadas para crianças, por ser dinâmico, com ampla variabilidade de exercícios e aparelhos que conquistam imediatamente. É um método onde a palavra monotonia está eliminada e a garotada se entusiasma imediatamente.

O fundamental do método Pilates para essa faixa etária é o trabalho de coordenação motora, alongamento, postura e preparo para o estirão do crescimento. O maior cuidado no que diz respeito à aplicação desse método para crianças e adolescentes é o fato de apresentarem as cartilagens de crescimento ósseas ainda abertas e por essa razão, predispostas a problemas, se não for controlado o alinhamento articular ou se forem utilizadas carga indevidas.

A respiração juntamente com todo cuidado na organização postural e alinhamento corporal, parte do conjunto de princípios que regem o método Pilates, podem ser bastante benéficos quando aplicados nas idades em questão".

Benefícios

Entre os benefícios para as crianças que praticam o método estão a proteção do sistema locomotor, a melhora na postura, no sono e no alongamento. Ele diminui o estresse infantil, proporcionando relaxamento e minimizando o desconforto do estirão de crescimento que provoca dores, no início da adolescência quando a criança cresce demais.

O método Pilates para crianças alia atividades lúdicas, movimentos que compõem o universo infantil, como cambalhotas, acessórios como bolas de diversos tamanhos, discos de rotação e de equilíbrio, rolos de espuma e meia-lua, trilhas sobre objetos que desafiam o equilíbrio e até passos de dança. É relaxante e trabalha a musculatura corpórea, propiciando a reeducação corporal. Melhora o condicionamento físico, a respiração, a concentração, o equilíbrio e a coordenação motora, atuando como auxiliar no aprendizado escolar.

A indicação do Pilates para crianças ganhou força nos Estados Unidos em 2006, a partir de uma campanha para a divulgação e introdução do método nas escolas públicas americanas, nas quais o tempo para a prática de educação física havia sido reduzido na grade escolar. A intenção é poder oferecer um programa seguro, de baixo custo e que cria hábitos saudáveis para as crianças na escola e na vida.

Atualmente as crianças têm o Pilates como aliado no alívio de tensões. O método proporciona, por meio dos seus princípios e exercícios, a percepção do próprio corpo e do espaço que ele ocupa. Isso faz com que tenham consciência e aprendam a respeitar as possibilidades e os limites próprios e os dos outros.

Vale ressaltar que apesar dos benefícios que o método pode proporcionar, é fundamental que os pais procurem profissionais de fisioterapia com formação em Pilates antes de apresentar o método para o seu filho.

O ideal é sejam feitas duas aulas por semana de 30 minutos cada uma, com as turmas divididas por faixa etária, e no máximo quatro alunos por grupo. As aulas compõe-se de exercícios semelhantes aos dos adultos, porém adaptados para a idade do aluno.

Os movimentos além de divertidos beneficiam a respiração, a postura e o desenvolvimento da criatividade deles.

*Fonte: http://www.abpilates.com.br/site/metodos.asp?id=4




Juliana Prestes Mancuso

É formada pela Universidade Anhembi Morumbi, especializada em Fisioterapia Ortopédica e Traumatológica pelo Instituto Cohen de Ortopedia e Medicina Esportiva, Fisiologia do Exercício pela Universidade Veiga de Almeida, Fisioterapia do Sistema Musculoesquelética pela Universidade São Marcos e em acupuntura e medicina chinesa pelo Centro Científico Cultural Brasileiro de Fisioterapia. É responsável pelo site e grupo de discussão Fisioterapeutas Plugadas.



ENQUETE

Você acredita na lei de causa e efeito ou lei do carma?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.