DESTAQUES

Zona de “Conforto”?...

Ana Lúcia Paiga 07/06/2019 PSICOLOGIA
Zona de “Conforto”?...
Fonte: imagem Pixabay
Estou me demorando a sair dela?

Por Ana Lúcia Paiga
 
Relembrando o conceito de “enredo” do psicólogo canadense Eric Berne (1910-1970), toda criança se adapta às mensagens recebidas nos primeiros anos de vida, pois acredita que cumprindo as expectativas dos pais, será amada e garantirá sua sobrevivência.

Suas decisões tornam-se crenças e determinam seus comportamentos futuros. Arquivados em seu inconsciente, esses padrões são repetidos pela criança adaptada (submissa ou rebelde ao enredo de vida), até que possam ser identificados e transformados conscientemente.

Ainda que possa parecer uma acomodação, a maioria das vezes que presenciamos uma ausência de mudança, podemos dizer que o enredo está se manifestando, pois cumprir uma decisão tomada nos primeiros anos, traz em si a crença “de que estou garantindo minha sobrevivência”.

É preciso lembrar que tudo isso aconteceu quando não havia ainda um lado racional para trazer lucidez às decisões.  Ao permanecer muito tempo numa situação (boa ou ruim), sem criar nenhum desafio de evolução, podemos afirmar que a Criança inconscientemente está se sentindo numa “zona de conforto” por estar cumprindo sua decisão e acreditando que está garantida. Enfim, cumprindo seu enredo de vida.

Porém, Vida é Evolução.

Tudo que permanece estagnado, apodrece, morre!

É como se subíssemos uma longa escada. Podem e devem haver patamares de descanso. Mas servem para ganharmos fôlego para continuar nossa escalada. Se pararmos ali, teremos interrompido nossa jornada.
 
Na pseudossegurança que o enredo nos oferece, nossos sabotadores internos atuam para que não queiramos mudar. Por isso, mesmo se sentindo “cansado”, não se deixe levar pela ilusão. Avalie se permanecer nesse patamar já lhe trouxe a energia necessária para continuar, enfrente novos desafios e evolua!!!




TAGS :

    zona de conforto

Ana Lúcia Paiga

Faz psicoterapia para adolescentes, adultos e casais. Leciona Curso Básico de Análise Transacional (duração de 12 horas). Coaching (life-coaching e equipes. Realiza supervisão de profissionais ligados à educação (Lar Sírio Pró Infância). Faz palestras diversas sobre temas de autoconhecimento. Criação e Condução de workshops de desenvolvimento. Preparo e Acompanhamento de grupos à Comunidade de Findhorn. “Acredito que a melhor maneira de evoluir é compartilhar experiências.”



ENQUETE

Você acredita na lei de causa e efeito ou lei do carma?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.