DESTAQUES

Todos somos pacientes

Redação Vya Estelar 17/09/2018 SAÚDE E BEM-ESTAR
Todos somos pacientes
Fonte: imagem Youtube
O thriller ‘O Paciente – O caso Tancredo Neves’ -- enfatiza como, no momento da doença, uma pessoa famosa é igual a qualquer outra e condena a enorme vaidade dos cirurgiões

Da Redação

Quem nunca foi paciente que atire a primeira pedra! Quem nunca ficou fascinado pelo trabalho de um cirurgião atire a segunda! E quem nunca criticou a ação de um assessor de imprensa atire a terceira! Se você não atirou pedras nessas três situações, assista ao filme,   ‘O Paciente – O caso Tancredo Neves’, de Sergio Rezende.

A obra, lançada neste mês, conta os últimos dias de Tancredo Neves, o primeiro presidente civil, eleito pelo colégio eleitoral no Congresso Nacional, depois da ditadura militar. O foco está na doença do presidente eleito e nunca empossado, falecido em 21 de abril de 1985.

Deixando de lado o tom ufanista em alguns momentos e o final abrupto, que não comprometem as marcantes atuações de Othon Bastos e Esther Góes, nos papeis do político e de sua esposa, Risoleta, a obra levanta importantes questões. Entre elas, destacam-se o erro médico, a vaidade dos cirurgiões e a relação entre a área médica e a de comunicação.

O diretor enfatiza como, no momento da doença, uma pessoa famosa é igual a qualquer outro ser humano. Também condena os egos hiperdesenvolvidos presentes nas salas de cirurgia e nas juntas médicas, onde, muitas vezes, opiniões pessoais são colocadas acima da saúde do paciente. E, ainda, enfatiza como tratar a assessoria de imprensa com respeito e profissionalismo é saudável para todo o processo de comunicação com a família e com a sociedade no caso de celebridades.

Por tudo isso, o filme lembra que todos nós somos pacientes potenciais de um sistema de saúde nem sempre competente para lidar com as questões apontadas. A base de tudo parece estar na humanidade das relações. Enquanto doentes, médicos e jornalistas agirem como deuses, o resultado será a ira do destino, caso ela exista ou não.

Fonte: Oscar D'Ambrosio, mestre em Artes Visuais e doutor em Educação, Arte e História da Cultura, é Gerente de Comunicação e Marketing da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.




TAGS :

    paciente, tancredo, neves, vaidade, cirurgião, comportamento

Redação Vya Estelar

Ângelo Medina é editor-chefe do portal Vya Estelar. É jornalista e ghost writer. Com 30 anos de experiência, iniciou sua carreira na cobertura das eleições à Prefeitura de São Paulo em 1988 (Jornal da Cultura). Trabalhou no Caderno 2 - O Estado de São Paulo, Revista Quatro Rodas (Abril). Colaborou em diversas publicações e foi assessor de imprensa no setor público e privado. Concebeu o site Vya Estelar em 1999. É formado em Comunicação Social pela UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora.



ENQUETE

Você ama em conta-gotas?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2019
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.