DESTAQUES

Agora que arrumou um namorado, minha filha não me respeita e não é mais companheira. O que faço?

Blenda de Oliveira 02/01/2018 PSICOLOGIA
Agora que arrumou um namorado, minha filha não me respeita e não é mais companheira.  O que faço?
Fonte: Google Imagens
A situação diz respeito a ela, não me parece ter a ver diretamente com você

por Blenda de Oliveira  

Depoimento de uma leitora

TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



“Depois disso passou a achar que não tinha mais razão em nada. Não sou contra o namoro, mas percebo que ela não me escuta e me respeita como antes. Discute e fala alto quando conversamos sobre algo que não concordo. Só quero ter minha filha como antes, mesmo sabendo que também ganhei um genro. Ele é muito calado, não dá oportunidade de o conhecermos. Preciso de ajuda de como me comportar diante dessa situação. Por favor!”

Resposta: Pode estar havendo uma interferência importante do namorado nessa mudança de comportamento ou, dependendo do que foi a vida amorosa da sua filha, agora, ela, sente-se poderosa para fazer confrontos que não fazia antes.

De qualquer maneira não é possível descartar que há uma mudança a partir dessa nova relação. É importante que você não a perca de vista, que ela leve o namorado em casa e você possa, dentro do possível, manter com os dois um certo diálogo.

Quando estiver sozinha com ela tente perguntar se está tudo bem com ela, mas não refira o namorado. Apenas refira-se a ela e a você. Seja tranquila para falar e não prolongue a conversa se sentir que ela inicia um ciclo de gritos e irritação. Apenas lhe pergunte se está bem e mostre-lhe que percebe que houve uma mudança.

Talvez ela viva problemas com o namorado, mas não admite ou tem receio de admitir já que sabe que ele pode não ser bem visto. A situação diz respeito a ela, não me parece ter a ver diretamente com você, mas é com você que ela comunica a insatisfação.

Tente ser tranquila, evite discussões, observe e esteja perto observando. Atente para não entrar nessa frequência, brigar ou se afastar. Sua filha precisa de você, mas por algum motivo, comunica isso na base do distanciamento e da comunicação confusa, irritada e acusatória.

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um psicólogo e não se caracteriza como sendo um atendimento.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga e psicanalista Blenda de Oliveira responderá dúvidas e perguntas sobre conflitos familiares e entre pais e filhos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



TAGS :

    filha, arrumou, namorado, agora, não, respeita

Blenda de Oliveira

Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.



ENQUETE

Atração física não basta, tem que haver atração mental. Você concorda?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.