DESTAQUES

Padrasto superprotetor: como lidar?

Blenda de Oliveira 20/09/2017 PSICOLOGIA
Padrasto superprotetor: como lidar?
Fonte: Google Imagens
Como padrasto ele precisa lhe ajudar ou não atrapalhar

por Blenda de Oliveira  

Depoimento de uma leitora:   

“Tenho uma filha de 12 anos e sou separada e o pai dela não a educa. A educação e só por minha conta. Brigo muito com meu atual: o padrasto dela, por causa da minha filha. Ele sempre a apoia nas ações erradas. Pelo menos eu acho errado. Exemplo: ela não toma café da manhã, mas “tá” lá na escola dela com um pirulito na boca. Eu digo: “joga fora esse pirulito que você ainda não tomou café dá manhã”. Aí ele acha ruim e diz: “Deixa a menina.” Ou ela fala de namorados e eu digo ainda não ser a hora. Ele diz “Deixa ela namorar, ensina só a não pegar um bucho. E outras coisinhas... Sinto-me sozinha na educação e o apoio que acho que eu deveria ter não bate com os meus conceitos. Ajude-me a entender?”

Resposta: Pelo que contou, brevemente, parece-me que tem bastante razão no que traz como incômodo.

Não é possível educar de modo tranquilo em meio a mensagens tão diferentes entre você e seu marido.

Como padrasto ele precisa lhe ajudar ou não atrapalhar. Melhor seria se ele apenas se mantivesse na posição; “escute sua mãe, ela tem razão.” Se houvesse algo que ele discorda, deixasse para falar quando estivesse a sós com você, nunca na frente dela, desautorizando suas ordens e recomendações.

Sugiro que parem, conversem e acertem os limites que devem ser respeitados quando o assunto é a educação da sua filha. Essa é uma tarefa da qual você não deve abrir mão.

Portanto, seu marido precisará aprender a respeitar e apoiar. Quando discordar, conversar com você para que juntos avaliem a melhor saída.

Educar requer trabalho, deixar para lá, não se contrapor às vontades da criança é um caminho fácil, mas com consequências difíceis de lidar no futuro.

Boa Sorte!

Atenção!
Este texto não substitui uma consulta ou acompanhamento de um psicólogo e não se caracteriza como sendo um atendimento.

Vya Estelar Responde

Vya Estelar quer colocar você, querido leitor, mais perto ainda de nós. Esse profissional irá responder dúvidas enviadas pelos internautas sobre um determinado tema. A psicóloga e psicanalista Blenda de Oliveira responderá dúvidas e perguntas sobre conflitos familiares e entre pais e filhos. Os e-mails serão selecionados e editados de acordo com critério editorial do Vya Estelar, já que não será possível responder a todos. Seu nome e e-mail serão preservados.

ENVIAR PERGUNTA



TAGS :

    padrasto, superprotetor, atrapalha, educação, filha

Blenda de Oliveira

Doutora em psicologia clínica pela PUC-SP. Psicanalista pela Sociedade Brasileira de Psicanálise de São Paulo (SBPSP). Psicoterapeuta de adultos, adolescentes, crianças, famílias e casais. Atuante como Life Coaching em diversas áreas, utilizando essa metodologia para colaborar nos processos de sucessão familiar nas empresas.



ENQUETE

Atração física não basta, tem que haver atração mental. Você concorda?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.