DESTAQUES

16 dicas para adquirir inteligência emocional

Emilce Shrividya Starling 18/09/2017 AUTOCONHECIMENTO
16 dicas para adquirir inteligência emocional
Fonte: imagem Pixabay
Não fique ansioso para alcançar a perfeição

por Emilce Shrividya

Muitas pessoas desejam que ocorram boas mudanças externas em relação ao trabalho, nos relacionamentos conjugais ou familiares, na situação financeira, ou em outros aspectos da vida. Mas, antes, são necessárias que algumas mudanças internas aconteçam.

Para alcançarmos equilíbrio, controle das emoções, e sermos mais felizes, precisamos desenvolver inteligência emocional. Ter uma postura positiva em nossa forma de pensar, de falar, de agir e de se comportar diante dos desafios e das atividades cotidianas.

Uma frase da Programação Neurolinguista diz: "Se você continuar tendo as mesmas atitudes que sempre teve, vai continuar obtendo os mesmos resultados que sempre obteve". Isso significa que para melhores resultados é preciso ter novas atitudes.

No entanto, alguns reclamam muito da sorte, do destino, e do que não conseguem conquistar, mas não querem fazer o autoesforço de desenvolver as qualidades e virtudes capazes de mudar o rumo da história das suas vidas.

Quando damos alguns conselhos para essas mudanças positivas, como aprender a lidar com a mente, ter pensamentos positivos, ler bons livros de autoajuda, meditar, praticar hatha yoga, cantar mantras, é comum ouvir desculpas que é difícil, que não tempo, que isso é bobagem, que estão cansadas.

Querem que os outros mudem ou as mudanças ocorram sem fazerem nada para isso. Se desejarem, porém, realmente mudar e se tornarem mais felizes, precisarão evoluir espiritualmente e emocionalmente.

Desenvolver a inteligência emocional é a chave de uma mente mais estável e com autodomínio dos pensamentos, das emoções e ações.

16 dicas para adquirir inteligência emocional:

- Adquira resiliência que é a capacidade de aceitar que a vida tem momentos dolorosos, mas desenvolva a habilidade de superação para transformar as adversidades em aprendizado.

- Saiba lidar e agir de modo positivo em situações adversas, com coragem e automotivação.

- Entenda a impermanência da vida, adaptando-se melhor às mudanças e desafios.

- Conquiste o autocontrole sobre a raiva, evitando falar quando estiver com raiva para não criar brigas, conflitos e sofrimento para você mesmo. Portanto, não aja de maneira precipitada.

- Uma das maneiras de ir conseguindo esse controle é perceber a própria reação emotiva. Observar o sentido e significado que deu àquela experiência e seu estado emocional naquela situação que lhe provocou a raiva.

- Aprenda a lidar com as frustrações, desejos não realizados, situações desconfortáveis, ou até mesmo traumáticas. Sem culpar o destino nem a si mesmo, mas entender que nada acontece por acaso.

- Desenvolva o autoconhecimento para perceber os aspectos positivos das circunstâncias e extrair lições dos acontecimentos não agradáveis.

- Aprenda a estar presente em cada momento. Treine sua mente para observar o que estiver pensando, falando e fazendo. Isso é a meditação na ação, de olhos abertos e mente focada, sem tensão.

- Viva o agora, o hoje, sem ficar lastimando ou vivendo no passado. Nem antecipe o futuro com expectativas ansiosas.

- Resolva as dificuldades no momento em que surgirem, com mente positiva, com sabedoria do que pode mudar ou não pode mudar naqueles problemas.

- Seja autoconfiante. Tenha a capacidade de atitudes assertivas, se responsabilizando pelos seus atos. Admita os seus erros e aprenda com eles.

- Valorize suas capacidades, qualidades e acertos.

- Sinta empatia, que é a capacidade de se colocar no lugar do outro e ver através da perspectiva dele, sem julgamentos e preconceitos.

- Desenvolva compaixão e bondade, compreendendo o sofrimento dos outros e praticando ações benéficas que possam amenizar ou suprimir o sofrimento deles.

- Conquiste habilidade nos relacionamentos interpessoais, sendo diplomático e carismático, melhorando assim a harmonia na família, no trabalho, no desempenho social e na própria qualidade de vida.

- Pratique a não violência consigo mesmo, com os outros e com o meio ambiente.

TEXTO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE



Essas características e qualidades das pessoas emocionalmente inteligentes são conquistadas dia após dia, com autoesforço, determinação e vontade de evoluir espiritualmente.

Ninguém consegue crescimento e mudanças internas de um dia para outro. É um processo evolutivo, gradual, de maturidade.

Precisamos aprender a administrar nossas emoções para sermos mais livres e felizes. Mas, sem reprimi-las para não acumular emoções mal trabalhadas que criam doenças psicossomáticas e comportamentos disfuncionais.

Temos que entender nossas emoções para clarificá-las, e dessa maneira, poderemos modificar o que for importante para nossa melhor qualidade de vida, para nossa saúde física, mental, emocional e social.

Não fique ansioso para alcançar a perfeição. Evite o perfeccionismo. Busque o autoaperfeiçoamento sendo gentil e paciente com você mesmo e com os outros.

A natureza na dá saltos. Ela se modifica para florir e se renovar. Não se abre uma rosa com os dedos. Ela floresce. Assim também, permita-se aprender com humildade e paciência, valorizando cada conquista sua. Fique em paz! Namaste! Deus em mim saúda Deus em você!




TAGS :

    inteligência, emocional, perfeição, ansiedade

Emilce Shrividya Starling

É formada em Yoga pela Federação de Yoga do Brasil e Centro de Estudos de Yoga Narayana/S.P, com aperfeiçoamento em Hatha Yoga e Meditação nos Estados Unidos. É professora de Hatha Yoga em Santos (SP), desde 1989. Atualmente ensina Filosofia do Yoga e Meditação.



ENQUETE

Qual candidato à Presidência terá mais condições de melhorar o índice da FIB (Felicidade Interna Bruta) e o do IDH (índice de Desenvolvimento Humano) do Brasil?





VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2018
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.