DESTAQUES

Por que o cérebro precisa dos finais de semana?

Marta Relvas 11/08/2017 COMPORTAMENTO
Por que o cérebro precisa dos finais de semana?
Fonte: imagem Pixabay
Nos finais de semana, busque atividades renovadoras, simples e saudáveis

por Marta Relvas

E acabou o final de semana, vamos retornar à rotina. O que isso tem a ver com o cérebro?

O cérebro humano precisa dar uma pequena pausa e descansar para repor energia e diminuir a intensidade do estresse do dia a dia.  Ele funciona com sistema de recompensa. E nada melhor, que um final de semana para trazer esses benefícios, pois, muitas vezes, podemos deixar de lado as pressões, as cobranças e as obrigações rotineiras que temos.

O cérebro adapta-se com certa facilidade para essas mudanças. Sendo assim, torna-se extremamente importante para melhoria da saúde mental, emocional e física.

Quando se faz algo diferente e saudável nos finais de semana, o cérebro tem uma tendência a gostar, pois, ao realizar uma atividade nova e agradável, ativa-se o sistema de recompensa do cérebro límbico, sendo liberado, duas substâncias químicas denominadas de neurotransmissores, do tipo dopamina e serotonina, dentre outras, que nos provoca o bem-estar e a vontade daquele momento não terminar.      

No cérebro, o prazer é proporcionado pela molécula dopamina, por isso, precisamos de experiências agradáveis para que essa substância seja estimulada e liberada para nos sentirmos bem.

Hora do lazer: dicas para seu cérebro voltar renovado - "poderoso" - na segunda-feira

1ª) Busque atividades renovadoras, simples e saudáveis: algo que você não tenha o hábito de fazer, como por exemplo, dançar, praticar esportes, enfim, algo diferente e prazeroso.

2ª) Evite os excessos (dormir muito ou dormir pouco, comer demais, consumo de álcool) e comportamentos de risco, pois também geram euforia e produção de dopamina; e a sensação é que o prazer foi atingido, mas, este é imediato e não duradouro. E no dia seguinte, teremos que voltar à rotina, que também pode e deve ser prazerosa e agradável. Pense nisso... faz parte do nosso ciclo. 




TAGS :

    cérebro, sistema, recompensa, lazer, dopamina, límbico

Marta Relvas

É Bióloga, Dra e Ms em Psicanálise, Neuroanatomista, Neurofisiologista, Psicopedagoga e Especialista em Bioética. Tem certificação internacional em Educação na Abordagem Reggio Emília na Itália e Title in Education Neurosciences and childhood and adolescence learning of Erasmus+ University – Europe – Portugal. É Membro Efetiva da Sociedade Brasileira de Neurociência e Comportamento, e da Associação Brasileira de Psicopedagogia. Autora de livros e DVDs sobre Neurociência e Educação pela Editora WAK e Editora Qualconsoante de Portugal. Professora Universitária da AVM Educacional / UCAM, UNESA - RJ e Professora Pesquisadora convidada no curso de Pós-graduação de Neurociência do IPUB/ UFRJ. Coordenadora do Programa de Pós-graduação de Neurociência Pedagógica na UCAM / AVM Educacional. Palestrante no Brasil e no exterior.



ENQUETE

De qual problema você gostaria de se livrar em 2018?








VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.