DESTAQUES

Autoexigência: buscar a perfeição limita a vida

Patricia Gebrim 04/08/2017 AUTOCONHECIMENTO
Autoexigência: buscar a perfeição limita a vida
Fonte: imagem Pixabay
O mundo não precisa da sua perfeição, mas sim da sua expressão

por Patrícia Gebrim

Andamos exigentes demais. Moldados por esse ritmo alucinado em que somos jogados desde cedo, somos educados para competir e chegar sempre em primeiro lugar. Somos incentivados a ter que nos aprimorar mais e mais. Cursos, pós-graduações, MBAs, falar várias línguas, estágios, e por aí vai.

Nos lançamos numa espécie de corrida, e se não formos cuidadosos, corremos o risco de deixar nossa alma pelo caminho.

Não somos robôs. A técnica tem sua importância, mas há que se ter espaço para a sensibilidade, para as pequenas delicadezas da vida, para as trocas, para o amor.

O mundo não precisa da nossa perfeição. Queremos ser tão absolutamente perfeitos que acabamos aprisionados por nossas exigências, virando bolor em calabouços escuros, enquanto lá fora o mundo se constela numa imperfeita dança de vida plena de beleza.

Queremos o parceiro perfeito, e acabamos por deixar ir de nossas vidas gente que se vestia de verdade, pronta para nos envolver na sutil delicadeza de um abraço de amor.

Queremos o amigo perfeito, mas nos armamos em exigências e acabamos por afastar o afeto de quem tanto nos queria bem.

Queremos o jantar perfeito e dormimos com fome porque o grelhado passou do ponto.

Queremos a fala perfeita e engasgamos com as palavras não ditas acumuladas em nossa garganta, seca e dolorida por tanto se calar.

Queremos a vida perfeita e rejeitamos a única vida que tínhamos, a vida possível, deixando-a escorrer por entre nossos dedos trêmulos, em busca de um tempo que passa e não volta mais.

Repito.

O mundo não precisa da sua perfeição.

O mundo precisa, isso sim, da sua expressão.

Expresse seu ser.

Você é belo quando é simplesmente você.

A beleza não precisa de perfeição para nos tocar a alma.




Criteo Publicidade:

TAGS :

    buscar, perfeição, limita, vida

Patricia Gebrim

É Psicóloga Clínica, atua numa abordagem transpessoal. Seu trabalho é direcionado a favorecer o autoconhecimento e a transformação das crenças limitadoras que nos mantêm aprisionados a padrões repetitivos de escolhas. É escritora, publicou 'Gente que mora dentro da gente' e o best-seller 'Palavra de Criança' pela editora Pensamento



ENQUETE

“Nada mais indigesto para o mundo que a liberdade de uma mulher", diz Fernanda Young. Você concorda?






VOTAR!
Vya Estelar - Qualidade de vida na web - Todos os direitos reservados ®1999 - 2017
O portal Vya Estelar não se responsabiliza pelas informações e opinião de seus colunistas emitidas em artigos assinados.
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação.